Catando Gravetos


 💙 Mari 💙

1 IMAGEM, 140 CARACTERES #414



(🎶Música que ofereço a todos que se sentem podados ou soterrados, Deus dará vigor, Ele dá a última palavra🎶.)

Quando olhei a imagem, independente da descrição oferecida pela Mari, meu pensamento me levou para além.

Será que num futuro próximo, só nos restarão gravetos, não mais?

CATADORES DE GRAVETOS ENFRENTAM CRISES, TEMPESTADES.

CATADORES DE GRAVETOS RECEBEM VISITA DO CÉU, VISITA SOBRENATURAL.

CATADORES DE GRAVETOS PRIORIZAM DEUS NAS SUAS VIDAS.

CATADORES DE GRAVETOS SÃO SUSTENTADOS PELO SENHOR

A bíblia fala de um homem e uma mulher diferentes, gente que age na dificuldade, gente que luta, gente que são verdadeiros catadores de gravetos. 

Estavam num Monte...

O monte Querite= cortar = colocar no molde de Deus...

I

Os homens cortam as árvores,

Querem modelar, à sua maneira,

Os lugares, condomínios novos,

Na destruição, geram horrores, 

Elas ficam  sem eira nem beira.

Por outro lado, também me veio  um pensamento de  imediato:

"Tentaram me enterrar, mas não sabiam que eu era semente, floresci".




Tirei hoje, os galhos secos estão brotando 🙏


Ainda há ESPERANÇA...

II

Um dia cortaram minha árvore,

Eu florescia tão animadamente,

Era tão feliz, destemidamente,

Um malvado me podou, cortou,

Saiu o açoite, cresci e floresci.


(Presente da amiga/mana ).

Feliz Primavera para os amigos do lado de cá e feliz Outono para os amigos do lado de lá!












Comentários

  1. Muioto linda desde a reflexão dos catadores...Temos que ter esperança SEMPRE em novas florações e vidas preservadas. bjs, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. Lendo, gostando, e ficando em reflexão.
    .
    Feliz fim-de-semana.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Minha querida Roselia
    Que lindas leituras fizestes!
    Não podemos perder a esperença, amiga.
    Deus, nunca, nos abandona.
    Muitos beijinhos
    Verena.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, Rosélia!

    Por mais que exista desertos a serem atravessados, esperança na agenda de Deus é o dia onde todo sofrimento dará o último suspiro. Onde a dor e todas as suas sequelas estão com os dias contados.

    Notáveis palavras, imagens e música.

    Beijo!!

    Renata e Laura

    ResponderExcluir
  5. "...
    Eu fui uma árvore cortada, não ao cheiro das águas,
    vi Meu ministério Deus levantar
    Eu fui uma árvore cortada, mas ao cheiro das águas,
    na minha saúde Deus tocar
    Eu fui uma árvore cortada, mas ao cheiro das águas,
    vi minha família Deus salvar!"

    Meu Deus querida amiga
    Esta sua participação é um hino à esperança, mesmo no meio da devastação, o amor a Deus tudo renasce .
    Que música emocionante, sentimos uma vibração amorosa, que nos dá novo alento !
    Obrigada querida Rosélia e mana de 💙por esta maravilhosa mensagem .
    As fotos são um encanto!

    Beijinhos e final de sexta-feira abençoado!

    ResponderExcluir
  6. A natureza vive a nos dar lições de superação e cada vez mais somos levados a olhar com mais carinho para o meio que nos rodeia. Somos catadores de gravetos pela vida e alimentamos uma fornalha onde os fortes são temperados ao calor da dignidade na ignição do esperançar, que revoluciona o dia a dia.
    Muito boa construção do olhar de reflexão.
    Um bom lindo fim de semana querida amiga.
    Paz no coração.
    Beijo e paz.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Amiga Rosélia,
    Uma linda e muito inspirada participação.
    Por mais que o Homem corte as árvores elas deixam sempre suas indeléveis marcas.
    Canção linda com um excecional acompanhamento musical.
    Adorei sua participação com maravilhosas imagens também.
    Beijinhos e um sábado muito abençoado.
    Ailime

    ResponderExcluir
  8. Catar gravetos é o dia a dia de muita gente, pessoas que labutam de sol a sol, mal conseguindo com tanto trabalho, pão para alimentar os filhos. Tantas vezes são esses gravetos a única forma de fazer o fogo que cozinhará o feijão, quando o há; da insensatez do homem, derrubando árvores, surge uma " luz " nos casebres mais humildes, com os gravetos aquecendo o friozinho da noite e permitindo algum conforto. É a natureza respondendo à destruição, avisando que sempre se regenera e, se por um lado, uma árvore morre, logo outra nasce , dando assim esperança aos mais desfavorecidos de que " nunca lhes faltarão " os " gravetos para iluminar e aquecer as suas vidas sofridas. Bela participação, Amiga Roselia! Parabéns e obrigada pelo belo momento. SAÚDE para todos aí em casa. Beijinhos 👏 🌻 ♥️

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

À Mãe das Mães

Seja Bem-vindo!

Sonoridade de Pássaro 🐦